22 de abril de 2012

Qual o perfil?


Ando fazendo entrevistas e processos seletivos e já estou tão cansada de responder errôneamente algumas questões e resolvi vir aqui para desabafar...

Olha se eu disse que tive que deixar o meu último emprego porque não encontrei uma escolinha que cobrisse todo o período que eu ficava fora de casa, isto quer dizer que sai por causa da distância, então, qual o problema dos selecionadores para que escrevam no papel que eu saí porque engravidei?

Além do mais, é só olhar a data da minha demissão e calcular a data do diagnóstico de gravidez, é claro que eu pedi demissão mais de um ano depois da gravidez!!

Outra coisa que me irrita... que diabos interessa o que você quer ser daqui a três anos, daqui a cinco e quiçá daqui a dez anos? Não é da sua conta, gente boba!!

Aqui vão as respostas que eu gostaria de dar e, acho que é por isso mesmo, que ainda não fui aprovada em nenhum processo....

- Por que você saiu da empresa X?
- Porque eu estava cansada de pagar contas dos outros e ganhar a mesma porcaria e ainda ter que aguentar uma chefe que achava que era minha dona. Cansei dela, cansei de dizer isso para o dono da empresa, daí, como eu estava com muita raiva, acabei caindo no conto do vigário e fui para um escritório de advocacia onde eu deveria ser a gerente administrativa, mas na verdade, me contrataram para fazer café, recolher o lixo, fazer serviço de office boy e emitir notas fiscais... Nada a ver com serviço de gerente, né?

- Mas depois de um tempo você voltou para a empresa X. Por quê?
- Eu já disse. Me dei mal, não fiquei no escritório, daí, voltei a procurar emprego e consegui um numa empresa de telecom, mas adivinha? Tinha que carregar mesa, carregar mudança da várias pessoas e ainda ficar depois do horário para ver o cara da manuntenção desentupir vaso sanitário. Perdi várias aulas de espanhol e quase perdi o curso, se não fosse a minha amiga me recolocar na empresa X.

-E por que você saiu da empresa Y?
-Na empresa Y eu não fazia nada. Ganhava um salário bem razoável para encher as garrafas de café de manhã e na hora do almoço. Depois passava o dia lendo ebook ou pesquisando coisas para o enxoval do Caio. Daí, que eles passaram a me pedir para carregar peso, logo que a minha barriga ficou enorme, fiquei bem chateada e planejei sair após o final da licença. Me arrependo um pouco, podia ter feito um acordo e ficado lá por mais um ano até poder ser transferida.

-Como você se vê daqui a um ano?
-Empregada, ganhando um salário razoável, tendo horário para entrada e para saída. Ter férias de 30 dias, sem que elas sejam canceladas de última hora.

-Como você se vê daqui a 5 anos?
-Bem, até lá espero que consiga passar num concurso do órgão tal. Quero ter recesso natalino, porque não suporto a falsidade de final de ano.

-Como se vê em 10 anos?
-Bom, daí, já quero estar dentro do órgão tal. Daí, vou esperar um pouco e ficar grávida do meu segundo filho. Na verdade, acho que isso vai ter acontecido no prazo dos 5 anos, mas nunca se sabe, né?

Score para vaga: 43 pontos - NÃO APROVADA!

Perfil: FUNCIONÁRIA PÚBLICA

4 comentários:

Sue Ellen Sales disse...

hahahahahaha Aninha.. to morrendo de rir ak..
colocou tudo no papel que esse entrevistadores merecem..
oxi.. passei por muitos desses infelizes.. ai ai..
agora estou num empresa pública, mas nem de longe aquela dos meus sonhos.. ainda tenho que ter muitas noites em claro para estudar.. e muitos concursos para fazer..
mas vamos lá.. firme e forte q a gente vence!!
um beijo.
já estou te seguindo..

Aninha disse...

Obrigada pelo apoio, Sue.
Eu tb sonho com a minha vaga pública, quem sabe sexta não sou aprovada no tal órgão do post?? rs
Bjs!

Aninha disse...

Não fui aprovada!!! É a treva...

Rik no Orkut disse...

Bom!